Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Geração Google


O Fato:


'Geração Google' está perdendo criatividade e habilidades, diz inventor

Um dos principais inventores britânicos diz que a as crianças da "Geração Google", que seriam aquelas que dependem da internet para realizar praticamente todas as tarefas, são menos criativas e menos hábeis manualmente do que as gerações anteriores.
Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, Trevor Baylis, inventor do rádio à corda e de outras criações, disse temer que a próxima geração de inventores se perca pelo fato de as crianças de hoje serem, com frequência, incapazes de fazer qualquer coisa com as mãos. Baylis diz que os jovens estão perdendo criatividade e habilidades práticas por passarem muito tempo na frente de telas.
"Crianças devem ser ensinadas a usar as mãos e não a se tornarem dependentes de celulares e computadores", diz Baylis, 75 anos. "Elas devem usar computadores volta e meia, mas há muitas crianças hoje em dia que gastam todo o seu tempo sentadas jogando com seus computadores".
"Elas são dependentes de buscas do Google. Muitas crianças vão ficar quase 'mortas cerebralmente' ao se tornarem tão dependentes da internet, porque elas não vão conseguir fazer coisas do jeito antigo", acrescenta o inventor.
Ele diz que as crianças recuperariam muitas habilidades manuais se as escolas as ensinassem usando brinquedos de construção Meccano, criados no início do século passado e que Baylis diz ter lhe ajudado muito a desenvolver suas habilidades.
Fonte: Jornal do Brasil
A Opinião:
Já diziam os antigos: "tudo demais faz mal". Não podemos abrir mão de uma ferramenta tão poderosa como o computador pessoal, mas também não podemos nos tornar dependentes dessa tecnologia. Dividir o tempo faz bem, aproveitem os prazeres que a vida oferece e não fiquem presos a computadores.
Concordo em parte com o cientista, mas creio que o medo dos avanços tecnológicos criam previsões catastróficas como essa. Não há motivos para desespero, é necessário trabalhar bastante para conscientizar a população sobre a necessidade de desenvolvimento pessoal e não apenas sermos reféns do que outros fizeram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário