Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

sábado, 31 de março de 2012

Hora do Planeta


O Fato (ou a tentativa):



Pontos turísticos do Rio vão ter as luzes apagadas na Hora do Planeta


Os principais monumentos e pontos turísticos do Rio de Janeiro vão ter a luzes apagadas às 20h30 deste sábado (31/03) durante a Hora do Planeta 2012. Entre os monumentos que vão ficar sem iluminação estão os Arcos da Lapa, no Centro, o Cristo Redentor e a orla de Copacabana e Ipanema, na Zona Sul da cidade.
A ação é uma parceria da Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, com a WWF-Brasil.
"O Rio de Janeiro se sente honrado em mais uma vez participar da Hora do Planeta. Nosso objetivo é incentivar ações sustentáveis e promover o uso adequado da energia", disse o secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osório.
Além desses pontos turísticos, também terão as luzes apagadas a Igreja da Penha, na Zona Norte, e o Monumento aos Pracinhas, no Aterro do Flamengo, na Zona Sul.
Fonte: Portal G1

A Opinião:
Toda iniciativa visando a construção de um mundo melhor é válida. Mas a hora do planeta não é nem um pouco eficaz, porque não consegue sequer ser simbólica. 
Isso porque muitas pessoas só lembram da hora do planeta no dia em que ela ocorre, ou ainda no dia seguinte quando atônitos se perguntam: "Teve isso?"
Não é uma questão de ser irresponsável ou insensível, o fato é que movimentos como esse tem tanta eficácia quanto um abraço simbólico na Lagoa Rodrigo de Freitas contra a violência.
A tecla é sempre a mesma, é necessário investir em educação se quisermos construir um mundo melhor. O conhecimento sim é capaz de transformar o mundo. Que se amplie o debate sobre a relação homem e natureza, que se busquem alternativas concretas para conservação do planeta. Precisamos de informações e da educação para enfim pararmos de nos esconder atrás do (ainda) mito da sustentabilidade e transformar esse mito em realidade.





Nenhum comentário:

Postar um comentário