Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

sábado, 13 de agosto de 2011

Juízes ameaçados de morte


O Fato:

Juíza é baleada e morta em Niterói

A juíza Patrícia Acioli, da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, foi assassinada no início da madrugada desta sexta-feira (12) em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, informaram as polícias Civil e Militar (PM).
De acordo com a PM, Patrícia, de 44 anos, foi baleada e morta ao chegar em casa, em Piratininga.
Com base em testemunhas, a PM informou que homens que utilizavam uma moto e um carro efetuaram os disparos antes mesmo que ela saísse de seu carro. A PM informou também que o crime tem característica de uma emboscada.
A Polícia Civil passaria a madrugada no local, investigando a possibilidade de câmeras da guarita do condomínio onde a juíza morava ter gravado imagens do momento do crime ou da ação de suspeitos.

PR é o estado com o maior número de juízes ameaçados, segundo CNJ

De acordo com levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o estado do Paraná é o que possui mais juízes ameaçados – são 30 no total. Os dados foram fornecidos pelos tribunais regionais a pedido da Corregedoria Nacional de Justiça.
Segundo o CNJ, pelo menos 100 magistrados têm a vida ameaçada atualmente em todo o Brasil. São 69 juízes ameaçados, 13 sujeitos a situações de risco e 42 escoltados. Alguns dos magistrados se enquadram em duas situações ao mesmo tempo. O segundo estado na lista é o Rio de Janeiro, com 13 juízes.

Fonte: Portal G1

Para entender o caso:


  
A Opinião:


"Necessidade de proteção para garantir vida de juiz indica que crime e máfia dominam as ruas" (Cristovam Buarque)
Indica muitas outras coisas mais. Indica que os canalhas agem de maneira covarde e falta coragem para os inocentes. Sabe-se que os bons são maioria, mas uma maioria silenciosa que se deixa ensurdecer pelo grito de uma minoria. Fazer o que é certo, custe o que custar é mais difícil do que simplesmente ficar em silêncio e deixar simplesmente a vida levar. Investimentos em educação são fundamentais para revertermos esse quadro, mas pelo visto isso não vai ocorrer. Parece que essa minoria que está no poder está satisfeita com o que está acontecendo e segura de que nada vai mudar por um bom tempo.
Parece também que, com a sociedade que temos, haverá muito barulho por parte da imprensa e da massa, mas apenas até a próxima tragédia.


O Debate:


Será essa a causa da impunidade no Brasil?
De quem é a culpa pela morte da juíza?

Nenhum comentário:

Postar um comentário