Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Uso do computador nas escolas


O Fato:

Pesquisa aponta dados sobre o uso de computadores em escolas

Um estudo divulgado nesta terça-feira pelo Centro de Estudo sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br), mostraram que, mesmo com 81% das escolas públicas do Brasil tendo laboratórios de informática, apenas 4% das mesmas possuem acesso a ferramenta na sala de aula.
De acordo com o gerente do CETIC, Alexandre Barbosa, “Os resultados apontam a necessidade de ampliar esse modelo, por meio do incentivo da utilização pedagógica da tecnologia, já que o cotidiano do ensino atualmente se desenvolve principalmente dentro da sala de aula e não no laboratório de informática” afirma.
Para chegar à conclusão destes resultados, foram entrevistados 1.541 professores, 4.987 alunos, 497 diretores e 428 coordenadores pedagógicos em 497 escolas brasileiras, tendo como objetivo, identificar o uso e a qualidade da internet  banda larga em escolas públicas das cidades do nosso país e com isso procurar novas soluções para a nossa educação.
Conforme a pesquisa feita, entre as atividades mais realizadas com alunos, estão, a aula expositiva, exercícios práticos, fixação do conteúdo e a interpretação de texto, ao qual, apresentam baixa incidência de uso da internet, onde apenas 20% dos professores entrevistados usam essa ferramenta para organizar e mediar à comunicação com os alunos.
Entre os professores que mais usam internet e computadores com os alunos em atividades, são os professores mais jovens e a região do país que mais a utiliza, e a região Sul, conforme dados apresentado pela pesquisa, onde 56% dos educadores são da região Sul e 44% do restante do país.
Maiores informações desta pesquisa, você encontrará no site; www.cetic.br/educacao/2010

A Opinião:

O computador pode se tornar um poderoso instrumento para auxiliar o aprendizado, mas antes disso é preciso resolver algumas pendências.
Primeiro: grande parte das escolas públicas possui um laboratório de informática, porém muitas não realizam uma manutenção constante, inutilizando algumas máquinas.
Segundo: existe a resistência dos professores quanto ao uso do computador, pela dificuldade em monitorar o que muitos fazem na máquina. Com a possibilidade do acesso a internet, o aluno pode se distrair em muitos outros sites, perdendo assim parte importante da explicação.
Terceiro: em muitos casos o número de computadores é bem menor do que o número de alunos por turma, fazendo com que dois ou mesmo três alunos dividam uma única máquina, dificultando também a aprendizagem.
Quarto: São raros os materiais didáticos adaptados a era digital, com isso muitas aulas acabam ficando sem um "fio-condutor".
Ao resolver essas pendências, os alunos poderão usufruir dos múltiplos benefícios oferecidos pelo computador em sala de aula, como: o desenvolvimento da criatividade e da autonomia do estudante; a ampliação da capacidade de aprendizagem, de acordo com o ritmo da criança e do adolescente; aumento do desenvolvimento cognitivo, do raciocínio lógico e da autonomia do jovem aprendiz; e a promoção da autoestima, com base na execução de projetos pessoais e cooperativistas.

O Debate:

Você é a favor do uso do computador na sala de aula? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário