Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

sábado, 6 de agosto de 2011

Risco de nova tragédia na Região Serrana do Rio de Janeiro




O Fato:

Crea aponta risco de nova catástrofe na região serrana

Relatório do Conselho Regional de Engenharia  e Arquitetura (Crea) aponta o risco de nova catástrofe na região serrana do Rio de Janeiro, caso ocorra novo temporal, como o de janeiro, que deixou 902 mortos. O documento, intitulado "Tragédia anunciada", sugere medidas de curto prazo, como a instalação de um sistema de alarmes, para alertar a população que vive em área de risco, e a construção de abrigos adequados, para onde os moradores de regiões afetadas possam ser levados.
O presidente da entidade, Agostinho Guerreiro, lembra que as medidas propostas pelo Crea em janeiro - como a recuperação de encostas e das áreas de matas ciliares, e obras de contenção - não foram levadas em consideração pelas prefeituras da região. "Por razões diversas, seja pela burocracia e até pela corrupção, há um descaso com a vida humana, um desprezo pelo planejamento. O que estamos propondo agora não é o ideal. Mas não há mais tempo de se fazer as grandes obras porque o período das chuvas recomeça em outubro", afirmou.
Em três de agosto, o engenheiro Adacto Ottoni, esteve nas cidades de Bom Jardim, Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. Encontrou problemas em todas as cidades. Em Friburgo e Teresópolis a situação é mais grave, afirma Guerreiro.


A Opinião:

Estamos no mês de Agosto e o CREA já avisou da necessidade de obras emergenciais para evitar uma nova tragédia. Até o momento não foram levados a sério e o período de chuvas se aproxima. Nos resta apenas torcer para que nada de ruim aconteça.
E isso não vai significar que o CREA errou, mas apenas que tivemos sorte, o aviso está dado e o caminho para minimizar uma tragédia também. O que irrita é o descaso e serão as desculpas caso a tragédia se concretize, pois será sempre a mesma: "Choveu em apenas um dia o previsto para chover em um mês inteiro".
É bom o povo começar a cobrar das prefeituras agora, para que não tenhamos que ver novamente as imagens que vimos no início do post e no vídeo, algumas inclusive estão gravadas na retina dos sobreviventes.


O Debate:


A culpa pelo descaso é dos políticos que não fazem o que é correto ou do povo que não cobra?

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário