Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

domingo, 28 de agosto de 2011

UFC Rio


O Fato:

Presidente do UFC elogia torcida e fala em retorno

O público brasileiro teve de esperar 13 anos para ver outra vez uma edição do UFC em terra tupiniquins. Mas depois do UFC Rio isso pode mudar. Segundo o presidente da organização, Dana White, se os próximos eventos realizados no país forem como o acontecido neste sábado, no Rio de Janeiro, o UFC virá muitas vezes por ano ao Brasil.
- Se acontecer como esta noite, talvez a gente venha toda semana – brincou Dana.
Apesar do tom descontraído, o presidente fez questão de elogiar o público que lotou as arquibancadas do HSBC Arena.
- Há 10 anos eu faço eventos por todo o mundo e o Brasil foi a torcida mais barulhenta que já vi. Uma das coisas mais fantásticas foi ver a lotação máxima deste a primeira luta de hoje. Incrível – completou o cartola.
De acordo com apuração feita pelo L! nos bastidores do UFC Rio, a próxima edição do evento no Brasil deverá acontecer em Manaus ainda este ano, mas as cidades de São Paulo e Vitória (ES) também devem receber edições do maior evento de MMA do mundo. 

A Opinião:

Já se pode colocar o UFC como um mega evento esportivo. É violento? Sim, mas é uma violência controlada, dentro do octógono, é raro ver uma briga de torcidas durante os eventos. Não se pode culpar o UFC pelos atos bárbaros cometidos pelos pitboys, esses sim são covardes.

Esse tipo de violência fascina grande parte da sociedade há muito tempo, basta ver o que acontecia no coliseu em Roma (aliás seria um palco fantástico, será que já pensaram nisso?). O importante é não utilizar esse esporte como pretexto para sair procurando briga pelas ruas, fato condenado inclusive pelos profissionais do UFC pelo mundo afora.

Que volte ao Brasil sim, que movimente a nossa economia e que os lutadores aproveitem a influência que possuem para transmitir mensagens positivas. No UFC temos lutas e não brigas, o cara é o seu adversário e não o seu inimigo e fundamentalmente, brigar é sempre a pior opção.

2 comentários:

  1.  Sim faz tempo que o UFC se tornou 'grande'. Nos Estados Unidos ultrapassou o boxe e futuramente ultrapassará a NFL. O UFC consegue milhões de assinatura em pay per view, um exemplo foi o do UFC 100 que conseguiu 1,72 milhoes de assinaturas.

    ResponderExcluir