Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Brasil e o combate a fome


O Fato:

Brasil líder em ranking de combate a fome

É a terceira vez que o Brasil lidera o levantamento da organização não governamental (ONG) ActionAid que lista os países que mais combatem a fome. O levantamento foi divulgado nessa segunda-feira (10) e o anúncio de mais investimentos para a agricultura familiar foi o que provavelmente levou o Brasil ao topo.

A posição do Brasil também tem muita influência do Programa Fome Zero, que segundo os dados levantados pelo relatório, levou à redução da desnutrição infantil em 73% entre 2002 e 2008. Aponta também a inclusão do direito à alimentação na Constituição Federal em fevereiro de 2010.

O País tem investido continuamente nesse setor. O anúncio do investimento de R$ 16 bilhões para o Plano Safra de Agricultura Familiar 2011/2012. Tudo isso para a produção de alimentos, geração de renda no campo e organização econômica de agricultores familiares, assentados da reforma agrária e povos e comunidades tradicionais.

A ONG ainda declarou que apesar dos resultados, o Brasil ainda precisa avançar na distribuição de terras, uma das mais desiguais do mundo. O relatório aponta que 56% da terra agricultável estão nas mãos de 3,5% dos proprietários rurais. Os 40% mais pobres, têm apenas 1% dessas terras. As cinco primeiras posições ocupadas juntamente com o Brasil são Malauí, Ruanda, Etiópia e Tanzânia.

Fonte: Notícias Br 

A Opinião:

Uma boa notícia, saber que o país está avançando no combate a fome, torço para que continuemos evoluindo para que no futuro nenhum brasileiro passe fome. 
Critiquei muito o programa Fome Zero porque não via resultados, acreditei inclusive que era um programa abandonado pelo Governo Federal.
Vale a pena agora reconhecer o valor do programa e elogiar, precisamos esquecer essa história de apenas cobrar e criticar, quando uma medida é correta ela precisa ser elogiada.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário