Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

sábado, 1 de outubro de 2011

Halo Solar


O Fato:

Professora explica o que aconteceu no céu de Iporá

Quem olhou para o Céu em Iporá ontem (sexta-feira, 30 de setembro de 2011) no período da manhã, viu um fenômeno solar que sem, sombra de dúvida, era muito bonito, mas ao mesmo tempo deixou muitos assustados ou mesmo admirados. Um anel com as cores do arco-íris se formou, em volta do Sol causando estranheza para quem olhava para cima. Esse fenômeno, explica a professora de Física, Rosimar Barbosa, do Colégio Estadual Ariston Gomes da Silva, “É apenas um fenômeno meteorológico chamado ‘Halo Solar’ e nada tem haver com o Sol, pois acontece na atmosfera terrestre e não no espaço.
A luz branca proveniente do Sol é, na realidade, composta por luzes de várias cores. Ou seja, é uma onda de luz branca formada por várias cores. Quando todas essas cores atingem simultaneamente o olho humano, elas provocam a sensação visual da luz branca. Quando, essa Luz, incide sobre uma gota de água, por exemplo, os raios luminosos penetram nela e são refratados, sofrendo assim a dispersão. 
A dispersão é então, um fenômeno óptico que consiste na separação da luz branca, ou  luz solar em várias cores, cada qual com uma frequência diferente. quando o Sol brilha sobre gotas de chuva ou sobre cristais de gelo.
Uma estrutura circular ao redor do Sol, como a que foi vista, normalmente é gerada por pequenos cristais de gelo na atmosfera. Dependendo do tamanho, da forma e da orientação das partículas, a luz pode ser refratada em todas as cores do arco-íris ou uma única cor, como o vermelho.
A forma e a orientação particulares de nuvens com cristais de gelo são responsáveis pelo Halo Solar, por causa da refração dos raios, e também são influenciados por local e período em que é observado. A luz é refletida e refratada pelos cristais de gelo que se dividem em cores por causa da dispersão, semelhante ao que acontece com o arco-íris


A Opinião:

O céu nos proporciona belos espetáculos, se levarmos em conta apenas o Sol podemos citar vários como um belo amanhecer que pode animar qualquer um, também o romântico pôr-do-sol que é ótimo para ser apreciado com uma bela companhia, os fantásticos eclipses e é claro, esse belíssima e rara imagem do Halo Solar.
Alguns espetáculos celestes são belos porém extremamente perigosos, como por exemplo um raio, que corta o céu iluminando noites chuvosas. 
As próprias nuvens podem servir de distração por pessoas que ficam horas descobrindo desenhos ou mesmo inventando. Não se pode esquecer das estrelas, do arco-íris, da chuva, das nevascas, enfim...não podemos esquecer de reservar um tempo para apreciar um belo dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário