Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Piratas da Somália




O Fato:

Embarcação italiana é atacada por piratas na Somália

A embarcação Montecristo, da companhia italiana D'Alessio Group, foi atacada por piratas nesta segunda-feira (10), próximo à Somália. Cinco homens armados invadiram o barco.Ao todo, há 23 pessoas a bordo, sendo sete italianos. Também há ucranianos e indianos.A companhia perdeu o contato com o navio na manhã de hoje. A embarcação levava um carregamento de sucata e ferro ao Vietnã. Ela havia partido do Canal de Suez.A unidade de crise do Ministério das Relações Exteriores da Itália já foi acionada e está em contato com familiares da tripulação.

Fonte: DCI

 

A Opinião:

A costa da Somália é das mais perigosas do mundo para a navegação comercial. Segundo o jornal espanhol El País, nos primeiros seis meses deste ano houve 266 ataques de piratas contra barcos estrangeiros, 70 a mais do que no mesmo período de 2009.

Ao sequestrar esses navios os piratas da Somália conseguem dinheiro para continuar comprando armas e munições para uma guerra civil de mais de 20 anos.

A situação na Somália é extremamente tensa, mas como não há petróleo ou riquezas atraentes para a OTAN, ninguém se move, não buscam solucionar o problema e trazer a paz para um povo tão sofrido.

Se existe um país onde a intervenção seria necessária, essa nação é a Somália. Mas infelizmente os paladinos da justiça mundial estão ocupados demais, armando os rebeldes para "salvar" a Líbia. 

 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário