Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Uma mobilização via Twitter e Facebook deu certo


O Fato:

#CONTRAOAUMENTO deu certo! Passagem volta a R$ 1,90

Após cinco dias de protesto com o #ContraOAumento, que pedia pela redução no preço da passagem de ônibus de R$ 2,10 para R$ 1,90 (ou R$ 1,75), os estudantes de Teresina comemoram um feito histórico. A manifestação, que chegou a ser atacada por alguns como 'movimento baderneiro', feita por 'vândalos' etc, estava se intensificando e ganhou um final, digamos, feliz.
O prefeito de Teresina Elmano Férrer (PTB) confirmou a revogação do decreto que aumentou o valor da passagem de ônibus para R$ 2,10. O decreto foi assinado na última sexta-feira, e a 0h do sábado passado os ônibus passaram a cobrar R$ 2,10. O reajuste foi um pedido feito pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbao (SETUT). Os estudantes consideraram o preço abusivo e foram às ruas na segunda, na terça, na quarta, na qunta e nesta sexta, quando receberam a boa notícia.
Durante coletiva no início da tarde desta sexta-feira (02/09) no Salão Nobre do Palácio da Cidade, Elmano Férrer juntamente com o secretário de Governo Paulo César Vilarinho, assinaram a revogação que reduz o preço da passagem temporariamente.
A revogação tem duração de 30 dias e durante esse período será realizada uma audiência com todas as partes envolvidas no caso e por todo esse período a passagem volta a valer R$ 1,90.
Na entrevista coletiva, o gestor informou que será realizada uma auditoria na planilha de custos do transporte coletivo da capital. Caso seja encontrado qualquer erro de cálculo, o prefeito afirmou que um novo reajuste será feito com base em análises concretas, analisadas por uma comissão formada pela prefeitura, pelas empresas de ônibus e pelos movimentos sociais.
“Esta planilha é complexa e a prefeitura já montou um grupo de estudo que irá analisá-la. Inclusive, esse grupo tem a participação de representante dos movimentos estudantis. O nome dela é Verônica Paraguaçu”, disse Elmano.
A entrevista coletiva contou com a presença da superintendente de Trânsito da capital, Alzanir Porto, e do secretário municipal de governo, Paulo Cezar Vilarinho.
O novo valor já entra em vigos a partir das 00h deste sábado (03/09).

Fonte: Wap 180º


A Opinião:

As redes sociais servem para entreter, mas também podem servir para que o povo se articule para combater injustiças e alertar a todos sobre os problemas que assolam cada ponto do mundo. 
Em uma democracia o povo precisa agir, seja fiscalizando, ajudando as autoridades ou ainda se revoltando contra abusos. É muito bom ver uma manifestação partindo dos estudantes, a cidadania precisa ser exercida cada vez mais cedo.
Melhor ainda é ver que saíram vitoriosos nessa manifestação. Tomara que com isso outros estudantes se inspirem a lutar pelos seus direitos, não apenas por privilégios, mas pelos direitos de todos os cidadãos.
Os brasileiros precisam eleger melhor, mas dessa vez não estou falando dos políticos e sim das prioridades. É muito comum ver os brasileiros se revoltando demais com a derrota do seu time ou da seleção brasileira de futebol, enquanto injustiças acontecem a menos de 100 metros da própria residência.
Que as revoltas e as mobilizações nas redes sociais comecem a ter também um caráter mais sério e não apenas escolher o BBB que será eliminado ou mandar essa pessoa ou aquela calar a boca.
Parabéns aos estudantes do Piauí que lutaram pelos direitos e beneficiaram a população.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário