Google+ Seguidores

Leitura sem fronteiras - Tradutor

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Falta de pagamento de pensão dá cadeia



O Fato:

Professora é presa por não pagar pensão às filhas na BA

A professora Elenísia Borges da Silva, 41 anos, está presa na delegacia de Ubaitaba, cidade localizada a 370 km de Salvador, sob a acusação de não pagar ao ex-marido a pensão alimentícia das duas filhas. Elenísia foi detida ontem ao retornar para casa, depois de sair do trabalho. O pedido de prisão foi assinado pela juíza da Vara Crime Andreia Gomes Fernandes Beraldi, a pedido do ex-marido.

Segundo a polícia, a professora perdeu, há sete anos, a guarda das filhas, que têm respectivamente 16 e 18 anos. As jovens já trabalham e uma delas não morava mais com o pai, Ademilson Tibúcio dos Santos, 40 anos, que trabalha como vendedor de acarajé. Ele alega que o montante devido pela ex-mulher já alcança a cifra de R$ 21 mil. A pensão estipulada pela Justiça é de R$ 4 mil.
Ainda de acordo com a polícia, o casal está separado há dez anos. Ademilson alega que a ex-mulher é professora concursada e tem condições de arcar com as despesas das filhas e garante já ter planos para o dinheiro que espera receber: custear os estudos da menina mais nova, de 16 anos.
Familiares do casal considerarem a medida extrema, mas Santos afirma que está decidido a seguir com a cobrança e não pretende retirar a queixa, que considera justa.
Apanhada de surpresa, Elenísia estaria em estado de choque, sem se alimentar desde que foi detida. Hoje ela foi levada pelos policiais a um hospital, onde foi medicada e retornou para a delegacia local.

Fonte: Agência Estado

 

 

A Opinião: 

 

Esse caso traz muitas discussões à tona. 

Primeiro: Se tem um delito no Brasil que dá cadeia é o não pagamento da pensão aos filhos. Se a justiça conseguisse julgar todos os casos com a mesma eficiência que julga as questões referentes à pensão, não haveria tantos casos sem solução.

Segundo: Não é de hoje que não existe mais uma "divisão de funções" entre o homem e a mulher, embora ainda seja muito mais comum ver homens pagando pensões a ex-mulheres, poucos ainda se assustam ao saber que existem mulheres que pagam pensões a ex-maridos.

Terceiro: A questão da pensão tem servido muitas vezes como uma espécie de "vingança" para o ex-cônjuge, em muitos casos inclusive, pessoas se aproveitam e praticamente transformam-se em ex-esposas ou ex-maridos "profissionais", fato muitas vezes observado no mundo do futebol com as "maria chuteiras".

As referências estão mudando no mundo o tempo todo,  com a informação imediata dinamizando o processo. Assim, as já complexas relações humanas se tornam ainda mais complexas, uma vez que não há um padrão definido para a atuação de determinado sexo dentro da sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário